segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

Leonídio Paulo Ferreira: "Só a papamania foi mais forte do que Putin"

Vladimir e Jorge

Leonídio Paulo Ferreira no DN de hoje:

Rondou o absurdo pensar que Putin poderia ter recebido o Nobel da Paz pela mediação na Síria. Mas "Figura do Ano" seria razoável. Mede-se o impacto, não se é positivo ou negativo. E se a Time serve de referência, note-se que já distinguiu Hitler como Gandhi e João Paulo II.
Porém, Jorge Mario Bergoglio é um fenómeno. O estilo terra a terra do argentino que chegou a Papa sob o nome Francisco atrai simpatias dentro e fora do mundo católico. Foi a escolha da revista americana, mas também do Le Monde. E perante a Papamania, o líder russo não teve hipóteses. Um remake do tal poder das divisões do Vaticano que Estaline desdenhava.

Sem comentários:

Para quando a primeira cardeal?

É inovação do Papa a nomeação de cardeal de um bispo auxiliar? O Papa Francisco disse no domingo que vai fazer cinco novos cardeais. Um de...