quinta-feira, 27 de junho de 2013

Conspiração judaica no Vaticano. E o Papa na SIC

Henrique Cymerman (que nome tão português e tão judeu; até Bob Dylan tem um, Zimmerman), com a cunha do amigo judeu, chegou ao Papa. Conspiração judaica no Vaticano, portanto. Sorte grande para o jornalista e para a SIC. Vem na "Visão" de hoje. Quero ver logo à noite, embora suspeite que não vá ser possível devido a duas pequenas criaturas, não porque dominem a televisão, mas porque após o jantar é hora de brincar às escondidas, a descarregar o resto das pilhas antes do sono (as minhas acabam sempre primeiro). Mas sim, vou gravar.







2 comentários:

Anónimo disse...

Belíssima reportagem sobre o Papa Francisco. E o rabino, seu grande amigo, é também uma personalidade extraordinária. A maneira como falou da necessidade de respeito e diálogo com o Islão é um grande sinal de esperança para todos os homens de boa vontade que acreditam na paz. E ecoa uma reflexão já formulada por Timothy Radcliffe : a urgência do diálogo com o Islão. De assinalar igualmente a crítica do Papa Francisco enquanto ainda Arcebispo de Buenos Aires aos católicos fundamentalistas que se aferram à verdade esquecendo a bondade e a beleza e desvirtuando assim a verdade numa caricatura da verdade. Depois a questão do estilo informa, anti-pompa, que não é meramente exterior mas tem tudo a ver com o cerne da profunda espiritualidade do Papa Francisco, como também realçou o seu grande amigo judeu. Rezemos pelo Papa Francisco !

paulo disse...

Caro Jorge, se quiser pode ver esta reportagem única no Regador:
http://regador.blogspot.pt/2013/06/reportagem-unica-de-henrique-cymerman.html

Diz muito do atual Papa.

Semana dos Seminários

Parece que se dizem agnósticos (ou o mais conhecido deles). Mas a simbologia católica (sim, mais católica do que simplesmente protestante ou...