sexta-feira, 15 de março de 2013

O Papa jesuíta não se vai vingar nos franciscanos



Clemente XIV, o Papa franciscano que suprimiu os jesuítas

Muitas coisas têm dito os franciscólogos instantâneos desde quarta-feira à tarde. Mas julgo que ainda não disseram esta: o facto de o primeiro Papa jesuíta (bem, eles já tinham o “papa de negro”) ter escolhido o nome Francisco (podem dizer, como alguns já disseram, que também remete para o Francisco Xavier que queria ir à China, para o de Sales, o Bórgia que também era jesuíta e é santo… enfim, ser Francisco é como uma mulher Teresa, dá para as santas, as santinhas e as santonas) reconcilia os jesuítas com os franciscanos. Não é que as ordens andassem zangadas. Acontece é que foi um Papa franciscano, Frei Lourenço /Clemente XIV, que extinguiu os jesuítas em 1773. Um Papa jesuíta chamado Francisco certamente oferece esta garantia: não se vai vingar nos franciscanos.

2 comentários:

Seja AMADOR do VERDE! disse...

NÃO DEFINIU NADA, EM MOMENTO ALGUM !
DEPOIS DE SUA ESPLICAÇÃO, TODOS BOIARAM !

Anónimo disse...

Acho que você boiou pq não entende de história. Procure que você vai entender!!!

Os dois maiores erros da história de Portugal

António Rendas, reitor da Universidade Nova (de partida) e durante dez anos reitor dos reitores portugueses, diz que "expulsar os judeu...