quinta-feira, 9 de agosto de 2012

Oração para católicos frustrados


O jesuíta James Martin, que é autor de um guia jesuíta para quase tudo, "The jesuit guide to (almost) everything: A spirituality for real life" (ler algumas páginas aqui), de um livro sobre humor e cristianismo (ler introdução e primeiro capítulo, fracote, aqui) e de um outro sobre santos para tempos atuais (ver links aqui), escreveu uma oração para católicos frustados. A certa altura, diz:
Ajuda-me a ser pacífico quando as pessoas me dizem que eu não pertenço à Igreja, que eu sou um herege ao tentar fazer as coisas melhor, ou que eu não sou um bom católico. Eu sei que fui batizado. Tu me chamaste pelo nome para estar em tua Igreja, Deus. Enquanto eu respirar, ajuda-me a lembrar como as águas sagradas do batismo me acolheram em tua sagrada família de santos e pecadores. Que a voz que me chamou à tua Igreja seja o que eu ouço quando outras vozes me dizem que eu não sou bem-vindo na Igreja.
Rezar tudo aqui (texto em português e vídeo em inglês).

Sem comentários:

Os dois maiores erros da história de Portugal

António Rendas, reitor da Universidade Nova (de partida) e durante dez anos reitor dos reitores portugueses, diz que "expulsar os judeu...