terça-feira, 31 de julho de 2012

Papa olímpico


PioX ainda sem ter calçado as sapatilhas

 A edição dos jogos olímpicos de 1908 esteve para ser em Roma, mas a “cidade eterna” renunciou à organização por causa de uma grave crise económica.


Londres acabou por acolher a 4.ª Olimpíada da era moderna. Entretanto, o inventor dos jogos, o francês Pierre de Coubertin (1863-1937), pediu ajuda à Santa Sé para a promoção do evento e foi o próprio Papa Pio X que se empenhou no processo.


Consciente da dificuldade de incentivar a atividade desportiva nessa época, geralmente ligada aos militares ou à classe nobre, Pio X disse a um dos seus cardeais: “Muito bem. Se não percebem que é algo que se pode fazer, vou pôr-me a fazer ginástica diante de todos, verão assim que se o Papa a faz, toda a gente a pode fazer”.


Adaptado daqui.

Sem comentários:

Os dois maiores erros da história de Portugal

António Rendas, reitor da Universidade Nova (de partida) e durante dez anos reitor dos reitores portugueses, diz que "expulsar os judeu...