quarta-feira, 1 de agosto de 2012

São estes os padres mais influentes de Portugal?



O "Expresso" fez uma lista dos 100 portugueses mais influentes (edição de 7 de julho). Inclui estes três padres: Lino Maia, José Policarpo e Tolentino Mendonça. Parece-me óbvia a injustiça da ausência de alguns, a começar por Manuel Clemente. E se houvesse uma publicação que listasse as 100 figuras mais influentes da Igreja portuguesa? Quem lá figuraria?


Durante os próximos dias, este blogue não terá novas entradas. A mochila das férias não inclui portátil nem outros dispositivos com ligação à Internet.

4 comentários:

Alx disse...

elá, isto daria muito pano para mangas...

Anónimo disse...

Tolentino Mendonça? E com que méritos? Os não-religiosos condescendem com a sua poesia pois ele é padre; os cristão condescendem com os seus escritos religiosos pois ele dá-se bem com os não-cristãos.

Anónimo disse...

Tolentino Mendonça com todos os méritos. Consegue o milagre de fazer chegar Deus a todos. É uma maçada para alguns.

Anónimo disse...

Puxaram as orelhas a Policarpo? Ainda vão querer mulheres sacerdotes, e elas vão dizer:
«- NÃO, muito obrigado. A vossa igreja é decrepita, elitista e misogina (isto para não relembrar agora pecados MUITO MAIORES e que já aqui foram descritos). Continuem a brincar sozinhos a ser os donos desse mundo.»
É isto que muito brevemente as mulheres vos responderão.

Os dois maiores erros da história de Portugal

António Rendas, reitor da Universidade Nova (de partida) e durante dez anos reitor dos reitores portugueses, diz que "expulsar os judeu...