segunda-feira, 23 de julho de 2012

Impulso

Quem anda perdido, quem não tem um objetivo, facilmente perde a esperança. Pelo contrário, aquele que avança para a própria meta, está cheio de esperança.


Francisco van Thuan, "O Caminho da Esperança" (Paulinas), pág. 143.

Sem comentários:

Os legionários, os arautos, os sodalícios, os malteses, os imaculados... todos diferentes, todos muito iguais nos lados obscuros, nas trapal...