domingo, 22 de julho de 2012

Domingo, dia da comunidade

É preciso recuperar o vocabulário, a espontaneidade, a confiança, o desejo de comunicar o melhor que nos foi dado na vida, a responsabilidade de devolver à comunidade cristã de hoje o que sempre foi a sua força e o seu valor. Os primeiros cristãos tornaram-se Igreja com o grito "Vimos o Senhor!", e o mesmo grito, recuperado, apreciado, sentido e vivido, é o que há de voltar a dar à Igreja a presença, a influência e a vitalidade de que o mundo de hoje precisa.

Carlo Vallés, "Evangelio ahora!", Sal Terrae, 126

Sem comentários:

Lucas 15, a esquerda e a direita

Tem piada o artigo de Inês Teotónio Pereira, "A esquerda que queremos ser", no DN de ontem. "Somos [os da direita] aquele i...