segunda-feira, 19 de maio de 2014

Só com grandeza

Dizia R. M. Rilke a F. X. Kappus:

Mas se notar que ela é grande, alegre-se, pois o que seria uma solidão (faça esta pergunta a si mesmo) sem grandeza?

3 comentários:

Anónimo disse...

Pode alguma vez existir “grandeza” na solidão seja ele opção e escolha livre ou imposta por condicionantes exteriores!? È impossível VIDA sem relação!

Jorge Pires Ferreira disse...

Eu às vezes gosto de está só. Não sendo solitário.

Anónimo disse...

Caro Jorge, uma coisa são as necessidades que todos temos de parar algum tempo e procurar espaços onde possamos reencontrar-nos e desfrutar do silêncio sem que alguém ocupe o nosso espaço de vida, outra, são as opções que nos levam a escolher a solidão para uma vida inteira! Até a natureza se relaciona vivendo de interacções quanto mais os seres humanos! E mesmo aqueles que escolhem essa opção de vida como via para o aperfeiçoamento espiritual, mesmo esses estão condenados ao fracasso e até à demência mental, se nesses lugares não se criarem condições para o encontro humano, como é o caso da Cartuxa e outras!

Semana dos Seminários

Parece que se dizem agnósticos (ou o mais conhecido deles). Mas a simbologia católica (sim, mais católica do que simplesmente protestante ou...