domingo, 30 de março de 2014

Repouso

Neste sétimo dia que fizeste, 
qual é o teu repouso, se não for no meu coração?

Paul Claudel

12 comentários:

Anónimo disse...

Engano. O 7º dia é o sábado. domingo é o 1º dia. com papas e bolos se enganam os tolos

Jorge Pires Ferreira disse...

Sim, mas depois veio a nova criação.
Como o sr. disse, o domingo. Eu tento descansar no sétimo e no primeiro. Há anos que não consigo.

Anónimo disse...

Indique então por favor onde podemos ler isso na Bíblia. Desconheço o Evangelho, Epístula ou outro documento Bíblico onde conste. Ficarei muito grato pela informação que possa dar.

Anónimo disse...

O Zé das 3. Estou mesmo a ver-te descansar. Só Nele se descansa. E a Eucaristia é o melhor remédio. Põe-te a pau!

Anónimo disse...

É uma ameaça ó Zé das 7:54? Ui, que medo!

Anónimo disse...

A informação que solicita está no mesmo documento que diz que Jesus tinha dentes.

Euro2cent disse...

> Indique então por favor onde podemos ler isso na Bíblia

Esta frase é interessante, porque é muito pouco portuguesa. Em português nem há sequer uma tradução idiomática para "quoting chapter and verse". É própria de uma cultura protestante, sempre atenta às minudências, que lá no fundo pensa que a perfeição está ao alcance do homem, e o paraíso pode ser instaurado na terra.

O ano de nascimento de Cristo foi mal calculado, o sábado foi trocado com o domingo, o povo atribui aos santos poderes angélicos, e mais uma quantidade de imperfeições que enervam os obsecados. Mas combatê-las não os trás mais perto de Deus, antes pelo contrário ...

Anónimo disse...

Chama-se isto a procura de Deus. Não desistas pá... Vai à missa.

Anónimo disse...

huiiii ó “Zé das 3” tape os ouvidos e fuja aihuiii fuja a quantos vapores der o seu comboio desses ambientes porque depois quando tiver que descer da carruagem da ilusão por causa de algum descarrilamento pontual da sua vidinha extra paroquial acaba por ter que ceder à pressão do “mal menor” e lá teremos os súbditos de sua Exca. o “puro produto” que construir outro altar terreno para outro “santinho” como esta figura tão catolicíssima:

http://www.youtube.com/watch?v=oYbvQMO7bC0 !

Eu explico calma fui ao purgatório portucalense pedir emprestado esta fita do passado só para ajudá-lo e dizer-lhe que “quem o avisa seu amigo é”!

Anónimo disse...

Nota: o termo "puro produto" não é meu mas parte da reza na fita aí pelo minuto 4:30! Confesso que me deu puro prazer escutar tal reza com sabem tem algo como aquele sabor de um requiem que nos leva até aos píncaros onde "o limite é o céu"!

Anónimo disse...

Ai vou à missinha vou. Então não? Esta gente é preciso vê-la de perto para perceber com que linhas nos cosem/cozem a vida.

Anónimo disse...

7:07 da tarde ele há missa(s) e “missinha(s)”! Recapitulando tudo se resume aos gestos pios dos candidatos aos lugares vagos no céu dos anjinhos (http://postimg.org/image/6hsxexwj9/) a fazer-me recordar aqueles saudosos tempos de putos reguilas que numa atitude muy piedosa lá íamos espreitando por entre dedos para ver quantos goles daquele licor de uva maravilhoso dava o prior quem sabe talvez sobra-se algum naquelas galhetas que depois iria fazer as delícias do puto acólito de turno às escondidas na sacristia aproveitando a distracção do prior mergulhado todo inchado de orgulho nas felicitações das senhoras e senhores de bem que faziam fila à porta da sacristia enquanto se digladiavam pela posse do santo cura!

E tem muito peso na sua vida?

Lido hoje no DN . Entrevista a Patrícia Reis (a da revista "Egoísta"). Falámos só do abuso em relação à Sofia mas há outros te...