segunda-feira, 14 de outubro de 2013

Rouco compara la persecución religiosa española con la de la Unión Soviética?

O título diz que...

...Rouco compara la persecución religiosa española con la de la Unión Soviética


Mas não é bem isso. O que diz o cardeal é:
Hemos celebrado esta mañana en Tarragona la beatificación de 522 mártires de la persecución religiosa en España del siglo XX. Se trata de Obispos, sacerdotes, consagrados y laicos, unidos a otros muchos que por odio a su fe fueron perseguidos, torturados y asesinados en la Europa del siglo XX. Lo que ocurrió en España y en muchos otros lugares, como la antigua Unión Soviética, sigue teniendo lugar hoy a diferente escala en muchos países donde no se respeta la libertad religiosa y el carácter sagrado de cada persona humana.
También el pueblo judío sufrió el siglo pasado la espantosa desgracia del holocausto, la Shoah, -¡un verdadero genocidio!- cuya causa profunda, junto al antisemitismo que hemos de luchar por erradicar en todas sus formas, hay que buscarla en la negación radical de Dios que conduce a un no disimulado desprecio del hombre, que es siempre su criatura independientemente de su condición social, raza y religión.

Aponta mais exemplos do que faz comparações. Não se pode comprarar a perseguição em Espanha com o Gulag ou o Holocausto. Mas também é verdade que o mal não se mede pelo número de mortos. Ler notícia e discurso aqui.

2 comentários:

Anónimo disse...

Mortos que caíram de ambos os lados e a igreja espanhola não está nada inocente nem antes e nem depois do conflito.

A figura de Roco e o que ela representa dentro e fora da igreja espanola não ajudou nem ajuda em nada a reconciliação que nunca aconteceu entre familias inteiras que se combatiam divididas nos dois lados das trincheiras.

Anónimo disse...


Caro Jorge,

deixe-me dizer-lhe que a excitação de certos campos da Igreja com a questão do demónio encontra um paralelo com outras excitações que para aí andam: a revolução sexual(?) para amanhã,ou a questão da nova "simplicidade" e "humildade" que não deixará pedra sobre pedra.
Felizmente, este blogue tem andado onde de umas excitações e de outras, pelo que o devo saudar.

Saudações,
Rui Jardim

Semana dos Seminários

Parece que se dizem agnósticos (ou o mais conhecido deles). Mas a simbologia católica (sim, mais católica do que simplesmente protestante ou...