segunda-feira, 14 de outubro de 2013

Bento Domingues: "O perdoado que não perdoa"

Texto de Bento Domingues no "Público" de ontem.

4 comentários:

Anónimo disse...

"O Vaticano ordenou mesmo que nenhuma igreja aceite fazer um funeral para Priebke, um católico praticante" (oficial nazi)

Jorge,
será isto verdade? como posso confirmá-lo?
Não lhe parece isto pouco conforme à doutrina cristã?

Rui Jardim

Jorge Pires Ferreira disse...

A RTP diz isto:
Agora, o seu advogado, Paolo Giachini, foi notificado pelo cardeal Agostino Vallini de que o papa Francisco proibira todas as igrejas de Roma de celebrarem um funeral religioso para o criminoso nazi. Giachini pediu, em alternativa, uma missa privada, mas também essa lhe foi recusada pelo cardeal, por ordem expressa do papa. Passadas quase sete décadas, a Igreja católica faz por redimir-se do auxílio à fuga de Priebke.

http://www.rtp.pt/noticias/index.php?article=687804&tm=7&layout=121&visual=49


Mas não conheço o caso. Mas acho estranho que se recuse o funeral a alguém (noutros tempos, recusava-se aos divorciados, pro exemplo). Não será ele ateu? Não terá manifestado antes a recusa?

Anónimo disse...


Pois, é possível, mas na notícia do Público diz-se que era um católico praticante.
Quanto ao resto, parece-me que o pecado da cooperação com um sinistro criminoso não fica redimido com esta recusa. Num certo sentido, até fica agravado.

Rui Jardim

Jorge Pires Ferreira disse...

Para aumentar a polémica, os lefebvrianos oferecerem-se para fazer o funeral.

Penso que a notícia da RR esclarece alguns pontos em dúvida:

http://rr.sapo.pt/informacao_detalhe.aspx?fid=29&did=125903

Principalmente este: "Após a sua morte o seu advogado solicitou um enterro católico. A diocese de Roma autorizou a realização de uma cerimónia privada, fora de qualquer Igreja e sem missa, o que o advogado recusou".

Por outro lado, a ação dos lefebvrianos, por muito que argumentem (e mesmo que Priebke não seja antissemita), dificilmente de dissocia de anteriores simpatias antissemitas.

Semana dos Seminários

Parece que se dizem agnósticos (ou o mais conhecido deles). Mas a simbologia católica (sim, mais católica do que simplesmente protestante ou...