segunda-feira, 27 de maio de 2013

História sem história

Que desolada, que vazia e que morta parece a história, privada de conteúdo divino, a partir do momento em que se abandona a sua relação com a história interior, divina, transcendente, quer dizer, com a verdadeira história, a história por excelência.

Schelling

Sem comentários:

Semana dos Seminários

Parece que se dizem agnósticos (ou o mais conhecido deles). Mas a simbologia católica (sim, mais católica do que simplesmente protestante ou...