sábado, 27 de abril de 2013

Marketing papal

Uma empresa de lareiras de luxo diz no DN de hoje que vai oferecer uma lareira de etanol ao Papa, seja lá o que isso for. "Como ele é o Papa dos pobres, talvez não queira ficar com ela e por isso vamos sugerir que alguém ligado ao Vaticano leiloe a lareira e depois doe o dinheiro para alguma instituição", diz um responsável da empresa. Seria mais sincero e direto se dissesse: "Queremos pôr o Papa ao serviço do nosso negócio".

Sem comentários:

Os dois maiores erros da história de Portugal

António Rendas, reitor da Universidade Nova (de partida) e durante dez anos reitor dos reitores portugueses, diz que "expulsar os judeu...