segunda-feira, 22 de abril de 2013

Bento Domingues: "Dois ouvidos e uma boca"

Texto de Bento Domingues no "Público" de ontem. 

1 comentário:

Anónimo disse...

"Só vale a pena falar de doutrinas depois de muito ouvir falar". Parece que o frei Bento gosta de se ouvir muito, não é? É que parece que não ouve mais ninguém.

e Deus não fala através dos teólogos, seminaristas, etc.? E será que só são os eclesiásticos que vivem sem entender o Deus de Amor? os leigos, onde eu me insiro, ávidos de poder, de vaidade, de visibilidade, de oportunismo?

É pena que estas duas tiradas ideológicas maculem o resto de um texto assaz interessante.

Os dois maiores erros da história de Portugal

António Rendas, reitor da Universidade Nova (de partida) e durante dez anos reitor dos reitores portugueses, diz que "expulsar os judeu...