segunda-feira, 19 de novembro de 2012

Alain de Botton: "As sociedades vão ter de aprender a ser mais bondosas"


Alain de Botton esteve em Portugal e disse que "a religião tem uma envolvência social, mas também tem um lado moral, também nos ajuda a lidar com a dor. Somos péssimos a lidar com a dor fora da religião. Pensamos sempre que o médico tem de ter uma resposta, que o economista tem de apresentar uma solução".

O autor de "Religião para ateus", que veio para falar da reforma (questão laboral), afirmou que "as empresas ainda não conseguiram resolver o problema das pessoas mais velhas. Ainda veem: jovens e baratos, velhos e mais caros. Mas vão ter de resolver, até porque o problema não é apenas económico, mas de perda de status. As sociedades vão ter de aprender a ser mais bondosas. Esta também é uma crise de generosidade".

1 comentário:

Anónimo disse...

Este sim é um assunto que vale apena debater. Agora andar para aqui a falar de igrejices! Vão mas é trabalhar!

Lucas 15, a esquerda e a direita

Tem piada o artigo de Inês Teotónio Pereira, "A esquerda que queremos ser", no DN de ontem. "Somos [os da direita] aquele i...