sábado, 13 de outubro de 2012

O Deus cristão só é pensável e dizível enquanto...


O Deus cristão só é pensável e dizível enquanto Deus que se dá a pensar e a dizer na sua própria Palavra; Palavra que encarnou no Homem-Deus Jesus Cristo. O Deus cristão é, por isso, um Deus que entra em contacto com a fugacidade da História, mais ainda, é o Deus que morre na cruz, onde se concentram presença e ausência de si mesmo.

João Manuel Duque, "Dizer Deus na Pós-Modernidade" (Ed. ECP/Alcalá), p. 71-72

Sem comentários:

Uma questão de visão, talvez

D. Carlos Azevedo diz que a nomeação de D. António Marto para cardeal tem mais a ver com a visão dele (do nomeado) da Igreja do que com a li...