quarta-feira, 3 de outubro de 2012

"Então interessar-nos-emos por tudo"

A um grupo de mulheres que se dirigiram a uma das "mães do Concílio" [uma das 10 religiosas e 13 leigas que estiveram no Vaticano II] para pedir que se interessasse pelas coisas que diziam respeito às mulheres, esta respondeu: "Então interessar-nos-emos por tudo".
Contou Fabrizio Mastrofini, no sítio Vatican Insider (li aqui), e acrescentou: A tentação é sempre a de relegar as mulheres na Igreja a tratar das temáticas que se referem às mulheres, sem saber que todas as temáticas lhes dizem respeito e sobre todas elas têm a sua contribuição a oferecer.

Começa amanhã, em Roma, um congresso que tem como tema "Teólogas releem o Vaticano II. Assumir uma história, preparar o futuro".

3 comentários:

Anónimo disse...

Este blog está a ficar desleixado. Onde estão os sucessores dos célebres posts que mereceram comentários como "e não é que é uma badalhoca a masturbar-se?" e "há cada padre mais vaidoso" e "frei Bento parece um velho jarreta com as ceroulas a arrastar" e "o novo testamento demonstra claramente que Maomé queria que as mulheres se convertessem ao islão"? Uma tristeza; é o que eu digo: uma tristeza.

Um admirador entristecido

José J.C. Serra disse...

ah os anónimos, os anónimos... tão pouco habituados à liberdade de expressão, tão pouco habituados a exprimirem-se com a liberdade de dar a cara... um exemplo de cristãos...

Anónimo disse...

José J.C. Serra: se você da acara com a careta do bicharoco que o identifica, eu vou ali e já venho.

Para quando a primeira cardeal?

É inovação do Papa a nomeação de cardeal de um bispo auxiliar? O Papa Francisco disse no domingo que vai fazer cinco novos cardeais. Um de...