domingo, 3 de junho de 2012

Cordeiro no meio de lobos


No "Inimigo Público" de sexta-feira, 1 de junho. Lobos. Bento XVI tinha falado em javalis. Eu ri-me (do cartune).

8 comentários:

Anónimo disse...

Afinal são lobos ou javalis ?
Estranho esta imagem do javali. Tanto quanto sei é um animal não referido na Bíblia. Por consequência, fora da Tradição... A cumprir a mesma função metafórica, eram tradicionalmente utilizados os lobos e as raposas...
Porquê, agora assim de repente, os javalis ? Criatividade poética de Bento XVI ? Interessante questão hermenêutica...

Anónimo disse...

Anônimo,
dê uma lida no Salmo 79/80 e entenderás o porquê de se falar em 'javalis na vinha do Senhor'...
Note especialmente o versículo 14.

Leandro.

Anónimo disse...

Obrigado, Leanfro. Vou ler.

Jorge Pires Ferreira disse...

Obrigado, Leandro. Tinha a ideia de que os javalis - um animal europeu, do Norte de África e do Médio Oriente - aparece na Bíblia, mas pensava primeiro em Ezequiel, por causa da vinha. Ficamos assim esclarecidos.

Por outro lado, hoje em dia o lobo é um animal em alta. É simpático, não ataca humanos, ao contrário do que se diz, e só ataca rebanhos quando está mesmo com fome. Até já os contos infantis o evitam como vilão.

Já o javali - como já vi em alguns campos de milho - parece ter gosto em destroçar culturas.

Anónimo disse...

1) quando é que Bento XVI falou em javalis?
2) neste desenho, o papa não aparece também como um lobo (disfarçado de cordeiro)? ou estou a ver coisas a mais?

Fernando d'Costa

Jorge Pires Ferreira disse...

"Os javalis entraram na vinha do Senhor", queixa-se, com razão, o Papa Bento XVI.

Escreveu Anselmo Borges no sábado passado. O Papa disse mesmo isto ou apareceu escrito no Osservatore Romano, como julgo que também li?

Quando a ser um lobo pequenino no cartone, com certeza que sim, mas é como um cordeiro. O ar é inofensivo, ao contrário do dos outros lobos.

Anónimo disse...

Caro Jorge,

grato pelas suas explicações, mas fazendo uma busca na NET confesso que não encontrei nenhuma referência a uma alusão papal a "javalis". Sei que Anselmo Borges o referiu, nada mais. Talvez o Jorge possa tentar comprovar se algo no Osservatore o refere.

Fernando d'Costa

João Silveira disse...

É normal que o Padre Anselmo Borges use a confusão nos seus argumentos, de facto ficamos sem saber o que o Papa disse ou não disse.

Mas tenho a certeza que disse isto, e foi dedicado ao Jorge, pelos inúmeros posts que já dedicou a este assunto:

"Multiplicaram-se as ilações, amplificadas por alguns meios de comunicação, totalmente gratuitas, que foram muito além dos fatos, oferecendo uma imagem da Santa Sé que não corresponde à realidade" (http://www.zenit.org/article-30479?l=portuguese)

Lucas 15, a esquerda e a direita

Tem piada o artigo de Inês Teotónio Pereira, "A esquerda que queremos ser", no DN de ontem. "Somos [os da direita] aquele i...