quarta-feira, 18 de abril de 2012

Perspetivas e referências

Para uma eleição correta é preciso ter um fim último, um sentido de valores, uma visão global, um ponto de referência no qual se enquadra e procura e se toma a decisão. Para trabalhar em geometria são precisos os eixos de referência; e os estudantes de matemática sabem bem que uma mudança de eixos pode solucionar um problema - ou complicá-lo. Necessitamos todos de perspetiva, tanto para caminhar como para viver.


Carlos G. Vallés, "Saber Escolher. A arte do discernimento", A.O., pág. 72

Sem comentários:

Para quando a primeira cardeal?

É inovação do Papa a nomeação de cardeal de um bispo auxiliar? O Papa Francisco disse no domingo que vai fazer cinco novos cardeais. Um de...