terça-feira, 17 de abril de 2012

Missas monótonas afastam fiéis, diz o JN


No JN de hoje. Conhecidos os números, começam as interpretações. A de Moisés Espírito Santo (só o nome é um programa - que ele, julgo eu, não segue) é sempre um "must". A verdade é que ele está habitualmente disponível, enquanto outros que seria interessante ouvir ou são desconhecidos ou não têm opiniões prontas-a-usar.

5 comentários:

Anónimo disse...

Principalmente porque não se faz uso da maiêutica, método usado por Jesus de nazaré, como se pode verificar lendo os evangelhos.

Anónimo disse...

Missas monótonas? Se tivessem assistido às cerimónias da Semana Santa em Bragança, mudavam de opinião. As cerimónias foram lindíssimas!

Anónimo disse...

Agora é que a CEP se preocupa?
As missas são monótonas? As missas são uma seca (muito embora em Bragança parece que já não o sejam, pelo que se lê por aqui).
Os senhores bispos não acompanharam a evolução dos tempos; arrastaram-se na mesmimice; não deram formação contínua aos sacerdotes, não lhes ensinaram o essencial para viverem no século XXI; estes deram asas aos leigos para tomarem posse sem regra; os bispos deixaram os presbíteros praticamente sozinhos... Há sacerdotes que nem um computador sabem ligar! A igreja adormeceu há já muito tempo. Estavam à espera de um príncipe encantado que os acordasse? Olhem em volta, está aí. Só que parece que, em vez de príncipe vos saiu um sapo!!!

Anónimo disse...

Sim, realmente em Bragança aconteceu esta semana santa por exemplo: Domingo de Ramos, Páscoa e Quinta feira Santa - catedral repleta. Olhem que não é fácil encher aquele edifício (demasiado grande para o meu gosto. Infelizmente muitos padres descuidam a beleza das celebrações.

Anónimo disse...

Estive em todas as cerimónias da Semana Santa em Bragança e também nas Lectio Divina que as antecederam. Realmente não há palavras para dizer como foram excelentes. Mas muito mais importante que a catedral cheia (todos sabemos que nestas ocasiões vão muitos para verem e serem vistos), muito mais importante foram as cerimónias em si, o empenho dos presbíteros, dos acólitos, dos leigos, os canticos liturgicos e as homilias do nosso bispo.

Para quando a primeira cardeal?

É inovação do Papa a nomeação de cardeal de um bispo auxiliar? O Papa Francisco disse no domingo que vai fazer cinco novos cardeais. Um de...