domingo, 2 de novembro de 2014

Os católicos recasados que podem comungar são os...


...que vivem como irmãos (espero que não como Caim e Abel). Capa do DN de hoje, 2 de novembro.

6 comentários:

Anónimo disse...

Outro trombone celestial… Poça… quando é que estas almas se calam de vez, e começam a rezar com a sua própria vida..! Arre que já não há pachorra para tanto dislate!

Anónimo disse...

Amen! :)

Anónimo disse...

É uma entrevista muito interessante de um homem inteligente, bem humorado e -tenho que o dizer, pois conheço-o pessoalmente- bom.

Mas o Jorge, que não se atreve a comentar uma linha dos dois papas deste lugar (Borges e Domingues), apresenta a entrevista de modo viciado, tentando achincalhar o desejo de grandeza, de virtude, de amizade e entrega a Deus.

Rui Jardim

Anónimo disse...

!!!...Hum…. ou eu me engano, ou andam por aqui certos olhares indiscretos de “supranumerários “, que têm andado muito preocupados com o que aqui se vai dizendo e expondo…. interessante!

http://revistaepoca.globo.com/Revista/Epoca/0,,EDG72877-6014-400,00.html

Jorge Pires Ferreira disse...

Rui Jardim, de vez em quando vêm-me com essa de que não critico Bento e Anselo, Domingues e Borges, respetivamente. Mas não é verdade. Não só durante várias semanas não publiquei os textos deles, como várias vezes os comentei criticamente. Já uma vez, a outra pessoa, mostrei os links. Não me vou dar ao trabalho desta vez.

Jorge Pires Ferreira disse...

Por outro lado, se em alguns assuntos me identifico mais com Anselmo e Bento, porquê criticá-los? Quanto à entrevista do DN, vou pô-la na íntegra no blogue.

Semana dos Seminários

Parece que se dizem agnósticos (ou o mais conhecido deles). Mas a simbologia católica (sim, mais católica do que simplesmente protestante ou...