quinta-feira, 6 de novembro de 2014

Nulidades rápidas


JN de 06 de novembro de 2014. O despedimento foi na Argentina. Quanto à rapidez, facilidade e barateza do processo é simples: copiem o divórcio na hora português. Poderia ser "nulidade na hora". Acontece que não é aqui que reside o problema. Mesmo que todos as declarações de nulidade fossem rápidas, baratas e fácis, continuaria a haver muitos católicos recasados que não põem a questão da nulidade do primeiro casamento.

1 comentário:

Anónimo disse...

Os canonistas de Lisboa que tiraram um curso de duas semanas numa cidade espanhola também são assim. E agora dão formação. Quando abres os olhos petit Patriarca da capital. És como eles? hihihi

Os dois maiores erros da história de Portugal

António Rendas, reitor da Universidade Nova (de partida) e durante dez anos reitor dos reitores portugueses, diz que "expulsar os judeu...