quarta-feira, 2 de julho de 2014

Livro do padre da televisão

Um livro que ando a ler com muito gosto.

1 comentário:

Miguel disse...

Eu percebi o ser “recado” Jorge! Realmente é verdade que a caricia do ego não é só enfermidade de uma classe sacerdotal…! Já agora, onde parará aquele cantor, que passava mais tempo na tv do que a cuidar da sua própria paróquia, ali para os lados do castelo de Almourol…! Bom, em nome da verdade, seja dado aqui algum “beneficio da dúvida” … até porque, quando os espaços são usados para o Anúncio, não há mal nenhum nisso, antes pelo contrário… o problema é aquela malfadada câmara, transformar-se num eterno “espelho meu”.. bem ao jeito daqueles contos de Grimm.. ou pior ainda, quando usada como um meio para instrumentalizar… infelizmente, esse é um mal/vicío que não é só monopólio das nossa praça religiosa, ele também afecta outras áreas da sociedade laica! Enfim… até quando Senhor, nos suportarás!

Semana dos Seminários

Parece que se dizem agnósticos (ou o mais conhecido deles). Mas a simbologia católica (sim, mais católica do que simplesmente protestante ou...