sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

Rui Tavares: "Hereges e proscritos"

Rui Tavares, no "Público" de 17 de  fevereiro

2 comentários:

Euro2cent disse...

A igreja celebra os seus santos, homens e mulheres que deram testemunho da sua fé, e fizeram acções de esperança e caridade.

Os jacobinos também, num espelho maléfico, comemoram os seus "heróis", que de algum modo contribuíram para degradar a dignidade do homem e diminuir a sua fé.

Reconhecer isto, e não ceder à intimidação e chantagem com que o choradinho jacobino procura calar e vencer que se lhe opõe, não se seria má ideia.

Mostrem-me um "progressista" e eu mostro-vos um patife.

Anónimo disse...

Ena pá ! A última frase há quanto tempo não a ouvia... A última vez, creio que foi num filme sobre a ascensão de Mussolini em Itália e de Hitler na Alemanha...

Para quando a primeira cardeal?

É inovação do Papa a nomeação de cardeal de um bispo auxiliar? O Papa Francisco disse no domingo que vai fazer cinco novos cardeais. Um de...