segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

O marxismo do Papa. Descubra as diferenças


Descubras as diferenças. O primeiro recorte é do "Correio da Manhã"; o segundo é do "i". É só uma questão de títulos.

1 comentário:

Anónimo disse...

gosto bastante deste Papa como tb gostava dos outros e fico sinceramente feliz por verificar q pessoas q normalmente dizem mal da Igreja e dos Papas mudaram pelo menos em relação ao Papa. O meu unico incómodo nao tem a ver com o Papa em si - ele é natural e limita-se a ser aquilo q é - mas com a expectativa relativamente à forma como se avalia a bondade das pessoas. Nem todos têm q ser expontaneos e divertidos e podem igualmente ser excelentes pessoas. Mas, como como dizia alguem, os nao catolicos olham para os catolicos com a mesma expectativa com q Deus os observa mas nao com a mesma misericordia. Nem é necessario dar exemplos para demostrar isto.Amo este homem mais fácilmente pela sua forma exterior de ser. ..isso é natural e Deus fez.nos assim....o exemplo q ele dá nao é esse, vai um 'pouco 'mais longe :amo a todos independentemente da sua forma de ser
Jacome

Semana dos Seminários

Parece que se dizem agnósticos (ou o mais conhecido deles). Mas a simbologia católica (sim, mais católica do que simplesmente protestante ou...