quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

Meio século de liturgia que podemos entender

Completaram-se ontem 50 anos sobre a promulgação da constituição "Sacrosanctum Concilium". O documento mais fraquinho do Concílio, o primeiro a ser aprovado, é bem capaz de ter sido o que, na prática, mais mudanças trouxe à vida dos católicos, a começar pela possibilidade da liturgia em vernáculo.

6 comentários:

Octávio Carmo disse...

Já agora, deste também: http://www.agencia.ecclesia.pt/cgi-bin/noticia.pl?id=98038

Jorge Pires Ferreira disse...

Algo não bate certo, Octávio. A SC foi o primeiro documento a ser aprovado e tenho a ideia que os seguintes demoraram bastante tempo. A IM foi há 50 anos? Hummmm.

Jorge Pires Ferreira disse...

http://www.vatican.va/archive/hist_councils/ii_vatican_council/documents/vat-ii_decree_19631204_inter-mirifica_po.html

diz que foi em 4 de dezembro, mas de 1966, há 47 anos.

Jorge Pires Ferreira disse...

É curioso que a versão impressa que tenho aqui à frente diz que foi mesmo a 4 de dezembro de 1963.

Jorge Pires Ferreira disse...

De facto os dois documentos foram aprovados no mesmo dia, primeiro a constituição SC e a seguir o decreto IM.

Octávio Carmo disse...

Há filme da sessão:) http://www.youtube.com/watch?v=v9_Xs08AedA

Para quando a primeira cardeal?

É inovação do Papa a nomeação de cardeal de um bispo auxiliar? O Papa Francisco disse no domingo que vai fazer cinco novos cardeais. Um de...