sábado, 14 de dezembro de 2013

Compras de Natal

Era época de Natal e o juiz sentia-se benevolente ao interrogar o réu:
- De que é acusado?
- De fazer as compras de Natal antes do tempo.
- Mas isso não é crime nenhum! Com que antecedência as estava a fazer?
- Antes de a loja abrir.

Sem comentários:

Uma questão de visão, talvez

D. Carlos Azevedo diz que a nomeação de D. António Marto para cardeal tem mais a ver com a visão dele (do nomeado) da Igreja do que com a li...