quinta-feira, 12 de setembro de 2013

Como apagar uma recordação perigosa

Divinizar unilateralmente a Jesus, pô-lo exclusivamente do lado de Deus, é eliminar da nossa história um homem incómodo e apagar a recordação perigosa da uma profecia viva e desafiante, uma forma de impor silêncio a Jesus como profeta.

E. Schillebeeckx

1 comentário:

Mardes Silva disse...

ABSOLUTAMENTE VERDADEIRO!!!!

Uma questão de visão, talvez

D. Carlos Azevedo diz que a nomeação de D. António Marto para cardeal tem mais a ver com a visão dele (do nomeado) da Igreja do que com a li...