quarta-feira, 21 de agosto de 2013

O padre-anjo não tem asas

Falou-se em “padre-anjo” e em “sinal do céu”, “mistério da auto-estrada” e “milagre”. Em breves palavras: auto-estrada nos EUA, um embate entre automóveis e uma jovem que é assistida por um padre.

A notícia da Rádio Renascença titulou: “Padre aparece do nada para rezar com vítima de acidente e depois desaparece”. Copio dois parágrafos (daqui):
O sacerdote rezou com Katie e abençoou-a com os santos óleos que tinha consigo. Depois retirou-se de cena e deixou os trabalhadores voltar à acção. O carro foi virado e Katie evacuada por helicóptero para um hospital, onde está a recuperar bem. 
 Alguns dos socorristas já tinham estranhado a presença do sacerdote no local, tendo em conta que a estrada estava cortada em mais de um quilómetro em ambas as direcções, mas o mistério adensou-se quando no final das operações começaram a procurar o padre para agradecer a sua intervenção, mas não estava em lado nenhum.
Inicialmente pensou-se que teria partido para ir celebrar na única Igreja católica nas redondezas, mas então perceberam que não se tratava do pároco local e a comunidade católica não sabia de nada. Então, procuraram nas cerca de 70 fotografias que tinham sido tiradas ao longo da operação de socorro, mas o padre não aparece numa única imagem.
O assunto, depois do burburinho durante dias, naturalmente saiu da cena mediática. Mas não sem antes terem feito um retrato-robô do misterioso padre, que tantos comentários gerou na apologética angélico-sacerdotal.

Retrato-robô do padre-anjo (tirei daqui)

Hoje, ao receber um mail com a notícia do mistério do "padre-anjo", resolvi procurar se o enigma continuava. E não continua.

Padre Patrick Dowling

Não sei se a Renascença deu notícia de terem encontrado o padre misterioso, mas cá vai: Padre Patrick Dowling, da Diocese de Jefferson City, no Missouri. Li no Huffington Post (aqui). Espero não ter estragado nenhuma homilia.




2 comentários:

Febe disse...

Comentários em banho-maria...vê-se mesmo que estamos na "silly season"

Jorge Pires Ferreira disse...

Sim. A minha está a acabar. Obrigado pelo comentário.

Os dois maiores erros da história de Portugal

António Rendas, reitor da Universidade Nova (de partida) e durante dez anos reitor dos reitores portugueses, diz que "expulsar os judeu...