quinta-feira, 4 de julho de 2013

Obrigação

O abismo da tua encarnação
obriga-me a pronunciar estas palavras apaixonadas:
Tu, o incompreensível, feito compreensão;
Tu, o incriado, feito criatura;
Tu, o inconcebível, feito concebível;
Tu, o espírito intangível, tocado pelas mãos dos homens.

Ângela de Foligno (séc. XIII-XIV)

Sem comentários:

Lucas 15, a esquerda e a direita

Tem piada o artigo de Inês Teotónio Pereira, "A esquerda que queremos ser", no DN de ontem. "Somos [os da direita] aquele i...