segunda-feira, 3 de junho de 2013

"Falta de provas"

1947. Giulio Andreotti, com uns papéis na mão, tem ao seu lado esquerdo Battista Montini (Paulo VI a partir de 1963)

Quando morreu Giulio Andreotti, no dia 6 de maio deste ano, quis assinalar aqui o acontecimento. Tinha em mente que ele, além de político democrata cristão, foi diretor da revista católica 30Gionri / 30Dias e escreveu alguns artigos de interesse, como este, por exemplo, precisamente sobre a Democracia Cristã.

Foi apenas uma das muitas coisas que não fiz.

Mas hoje, ao ler o mais recente número do “Courrier Internacional”, dou com um breve texto que insinua que esteve ligado a segredos, terrorismo e crimes e relacionado com a Máfia, coisa muito falada em maio passado. Diz o texto – e é por causa dessa nota de humor que escrevo isto: “Quando acusado, defendeu-se respeitando sempre os juízes. «Foi para o céu por falta de provas», comentou um internauta”.

Sem comentários:

Lucas 15, a esquerda e a direita

Tem piada o artigo de Inês Teotónio Pereira, "A esquerda que queremos ser", no DN de ontem. "Somos [os da direita] aquele i...