segunda-feira, 17 de junho de 2013

Bento Domingues: "Um Deus irremediavelmente masculino?

Texto de Bento Domingues no "Público" de ontem.

3 comentários:

Emmanuel disse...

gostei

Maria de Fátima disse...

Eu acho que ele se engana. Não é a finança que está a dominar a política e muito menos os partidos políticos.
Quem é !? É segredo.

Anónimo disse...

Frei Bento, gosto muito de ler os seus escritos. Mas há um ponto neste artigo em que discordo, pois é justamente na poesia de Herberto Hélder que bebem as "espiritualidades apoetadas" do nosso tempo. Que, de resto, Frei Bento tão bem aponta e vitupera. Frei Bento, não quer dar, como diria Sophia, o nome às coisas e identificar concretamente essas "espiritualidades apoetadas" ? Para não ficarmos no vago e no nebuloso...

Os dois maiores erros da história de Portugal

António Rendas, reitor da Universidade Nova (de partida) e durante dez anos reitor dos reitores portugueses, diz que "expulsar os judeu...