segunda-feira, 13 de maio de 2013

Definição de teologia

Harold Wilson, um teórico da "teologia"

Por um motivo que não interessa para o caso - mas eu explico: do outro lado do Atlântico, um leitor pergunta-me se tenho o livro "Nisso não acredito", de John A. T. Robinson, aqui referido - , abro o livro do bispo anglicano numa página dobrada e leio:
Há alguns anos, Mr. Gaitskell propôs uma revisão das famosa Cláusula Quatro (sobre a nacionalização) da constituição do Partido Trabalhista.
Wilson, que se lhe opôs, apelidou isso tudo de «teologia» - afirmações teóricas acerca de coisas que não fazem nenhuma diferença na ordem prática.
É a reputação que tem a «teologia».
Cá está uma boa definição de teologia  para começar a debater o que realmente ela é.

4 comentários:

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Peter disse...

A teologia em certos lugares e situações faz-me recordar aquele caso da Cecília Giménez e aquele fresco do Ecce Homo em Borja-Saragoça! Como essa pobre mulher, muitos teólogos ao tentarem “recuperar” o rosto inicial de Jesus, no fundo, aquilo que fazem é “esborratar” ainda mais esse quadro tornando irreconhecível o rosto d’Aquele que nos deixaram “pintado” os primeiros discípulos dos Evangelhos! E como se isso não bastasse, aparecem sempre aqueles(as) que aproveitam a onda e toca de “cobrar as entradas” para contemplar e meditar sobre aquilo que nada tem a ver com o original! Bom, nem toda a teologia confesso, nestes últimos tempos comecei a apreciar alguns desses “quadros” de certos “pintores” que vou olhando com mais atenção, meditando e aprofundando-lhe os traços por vezes quase imperceptíveis a um olhar mais desatento!

Anónimo disse...

Olha... converteu-se à evidência que nem toda a teologia é um impedimento à relação com Deus; vá lá; vá lá... agora só falta converter-se a Jesus. Isso custará mais.

Anónimo disse...

Falta-lhe conhecer o nome desses "pintores".. é melhor não lho dizer agora, ia estragar-lhe o almoço certamente meu caro..risos! Bom almoço para si.

Peter

Os dois maiores erros da história de Portugal

António Rendas, reitor da Universidade Nova (de partida) e durante dez anos reitor dos reitores portugueses, diz que "expulsar os judeu...