quarta-feira, 13 de março de 2013

O próximo Papa já tem twitter?


Um passarinho soprou

Pelo que se diz, já que os vaticanistas brotam por todo o lado como cogumelos em pinhais húmidos – só dentro de mim deve haver uns dois ou três com cinco ou seis opiniões contraditórias – , os principais candidatos a Papa, obviamente não declarados, têm conta no Twitter.Ver aqui.

Mas Scola desativou-a.

Odilo, em dezembro de 2011 tinha 7566 seguidores. Agora tem mais de 30 mil. A última mensagem que mandou foi no dia 10 de março: «Amigos, ouçamos o apelo da Palavra de Deus deste Domingo 10.03: "deixai-vos reconciliar com Deus!”».

Ravasi – parece que de repente ficou fora dos candidatos - tinha 3639. Agora tem quase 50 mil seguidores. Despediu-se dos amigos no dia 28 de fevereiro. Prudente. “Grazie ai miei followers per il cammino condiviso. Mi congedo da voi per qualche giorno... In amicizia”.

O’Malley tinha 2181. Agora tem 16 mil. No dia 10 de março deixou link para a sua homilia.

Scola tinha 1522,mas fechou a página. Ainda mais prudente. Entretanto, alguém abriu uma chamada papascola.

Ouellet não tem Twitter. E espero que também não tenha votos.

10 comentários:

Anónimo disse...

Se o autor deste blogue não gosta é porque Oullet seria um grande Papa!

Jorge Pires Ferreira disse...

Isso mesmo. Basta dizer o contrário do que eu digo para as coisas serem perfeitas. Tão fácil, não é?

Jorge Pires Ferreira disse...

Já agora, imagino porque frequenta um local tão pérfido...

Anónimo disse...

Esse tal Oullet deve ser o do canadá (desculpe a ignorancia)mas se for eleito temos de o engolir "com solicitude pastoral e muita oração"e de expiação em expiação tv alcancemos o céu.O argentino jesuita como reza e não gosta de "corte nem de cortesãos"tem poucas ou nenhumas hipoteses mas tv fosse um bom pastor resta-me a esperança no frade americano pelo menos conta historias de frades nas homilias e parece ser bem disposto e se rezar com mesma bos disposição que aparenta ter daria um bom papa .

J. Duque disse...

Jorge, porque é que não gosta do cardeal Ouellet ?

Anónimo disse...

Não conheço o Cardeal Ouellet (nem nenhum) tão profundamente para poder dizer "este sim", "este não", nem desprezo o poder que o cargo exerce sobre o titular - acho que Bento XVI e a forma como foi desabrochando é um exemplo.
Ainda assim, não acho, do que lhe ouvi numa entrevista ou do que tem feito na Congregação dos bispos, mais o sorriso e a humildade, que não pudesse vir a ser um bom Papa.

Maria João Brás

Anónimo disse...

Não se fiem nas vossas intuições! O Espírito está rarefeito por estes lados, por tão concentrado estar e em doses maciças na capela Sistina!

Anónimo disse...

Estou com Ouellet.

Jorge Pires Ferreira disse...

J. Duque, o que vier será.

Ouellet e Scola são discípulos de Ratzinger, velhos conhecidos da Communio. Perecem mais do mesmo. E a lição que Bento XVI deixou, quanto a mim, é que é preciso algo diferente. Pensar fora. Em todo o caso, Scola parece ter outra pedalada.

http://tribodejacob.blogspot.pt/2011/07/giancarlo-zizola-giancarlo-zizola-do-la.html


http://tribodejacob.blogspot.pt/2012/06/cardeal-marc-ouellet-na-linha-de.html

Se ele foi o responsável pela escolha dos novos bispos... Pensando num deles mais para o sul, bem, estamos conversados.

Rudy Assunção disse...

Escrevi um pequeno poema, que quero partilhar:

FRANCISCO (I), A PEDRA

Francisco, reconstrói a minha Igreja.
Com tijolos vivos. De carne.
Edifica-a sobre a Pedra Angular,
Ainda rejeitada.
Apressa-te em professar
Em nosso nome
Não o que dizem os homens
Mas o que te revelou o Pai.
Ensina-nos a cantar a
O sol, a lua, a pobreza, a morte.
Faze uma vez mais o que grande Pedro e
o grande Francisco fizeram:
guarda a espada.
Ambos, cada um a seu modo,
desistiram de suas cruzadas.
Ficaram apenas com a cruz.
Por isso, carrega-a sem medo.
Mesmo que tenhas que
te deixar pregar nela.

Para quando a primeira cardeal?

É inovação do Papa a nomeação de cardeal de um bispo auxiliar? O Papa Francisco disse no domingo que vai fazer cinco novos cardeais. Um de...