quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

O pecado pode ser perdoado antes de ser cometido?



Um pecado pode ter um perdão adiantado, antes de ser cometido? Não é este o enredo principal do filme, mas reconheça-se que sem o contexto católico o drama não teria tanto sentido.

5 comentários:

Anónimo disse...

O interessante seria perguntar se há algum pecado que possa ser perdoado "a posteriori".

Anónimo disse...

O interessante seria perguntar se há algum pecado que possa ser perdoado "a posteriori".

Jorge Pires Ferreira disse...

Quer explicar melhor? Ou o amigo é ateu (e não há pecado possível), ou é desesperado (e não há perdão possível). Espero que seja ateu, a menos má e mais salutar das opções.

Se não é ateu, não vejo nenhum pecado que possa ser superior à misericórdia de Deus. Querendo o pecador e Deus, todos podem ser perdoados.

Anónimo disse...

Meu caro, acredito que todos os pecados já foram perdoados, "do lado de Deus", "a priori" naquela Cruz de há 2000 anos. Podemos é, "do nosso lado humano", não querer receber esse perdão e, nesse caso, não deixar que o perdão ofertado seja eficaz.

Jorge Pires Ferreira disse...

Tem toda a razão. Além do ateu e do desesperado há o crente, que no meu dilema foi excluído.

A priori estão todos perdoados.

De qualquer forma, há uma questão de tempo, que só faz sentido para quem está na história. Todos os pecados já foram perdoados (mas ainda nem todos foram cometidos), excepto aqueles que a nossa liberdade não queira que sejam perdoados.

Os dois maiores erros da história de Portugal

António Rendas, reitor da Universidade Nova (de partida) e durante dez anos reitor dos reitores portugueses, diz que "expulsar os judeu...