quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

"Ser belo não é pecado", diz o secretário do Papa. E ser feio?


Do "Público" online (aqui):

Quem pensava que uma figura da Igreja não podia ser capa de uma revista mundana, engana-se. Que o diga a edição italiana da revista Vanity Fair que chega às bancas esta quarta-feira com uma figura minimamente surpreendente na primeira página: Georg Ganswein, o secretário pessoal do Papa.


8 comentários:

Anónimo disse...

Parece que, fruto dos ataques informáticos, vamos acordando para o pesadelo do islão.

Américo Mendes

Jorge Pires Ferreira disse...

Caro Américo, também penso que o Islão fundamentalista é o pesadelo.

Espero que os islâmicos moderados repudiem o fundamentalismo. Julgo ser essa a única forma, ou a forma mais viável, de reconversão do islão.

Conhecia o Fernando d'Costa?

Se não quiser responde aqui, pode responder para jorgepiresf@gmail.com.

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Jorge Pires Ferreira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Jorge Pires Ferreira disse...

nfelizmente,de certo modo, não se trata de fuga. Julgo que morreu pelo Natal. Estou à espera que me confirmem. Cheguei a pensar que o Américo o conhecia.

Anónimo disse...

Jorge,

lamento ter escrito o que disse; não sabia isso. Se souber mais alguma coisa, informe. Tentei apagar o meu comentário, mas não consegui. Por outro lado, não sei o que é um "muçulmano moderado". Se ser muçulmano é seguir, com os princípios de leitura inerentes ao Alcorão, este livro, não vejo como se poderá ser "moderado". Ou melhor: "moderado" em relação a quê?

AM

Jorge Pires Ferreira disse...

Caro Américo, eu apago o comentário. Baseava-se no seu desconhecimento, mas,na realidade, nem foi desrespeitoso.

Anónimo disse...

Roubar, enganar, violar, ser pedófilo, mentir, matar, sim são pecados.
Ser belo?
Porque haveria de ser pecado?

Semana dos Seminários

Parece que se dizem agnósticos (ou o mais conhecido deles). Mas a simbologia católica (sim, mais católica do que simplesmente protestante ou...