sábado, 12 de janeiro de 2013

Caminho de Canossa

A propósito de uma campanha de uma marca de eletrodomésticos que usou os préstimos de uma jovem (estilista? manequim? - nunca dela tinha ouvido falar) e a seguir se arrependeu (tal foi o coro de críticas e gozos nas redes sociais; publicidade negativa, pois), Ferreira Fernandes evoca no DN um episódio político-eclesial:
Conhecem a origem do termo "caminho de Canossa"? É humilhar-se. Um imperador do Sacro Império Romano-Germânico, Henrique IV, excomungado pelo Papa, pôs-se três noites à porta do castelo de Canossa a implorar perdão. Foi perdoado mas os estados europeus ficaram séculos sujeitos a Roma.

Ler tudo aqui. A "enciclopédia livre" explica o "caminho de Canossa".

Sem comentários:

Os dois maiores erros da história de Portugal

António Rendas, reitor da Universidade Nova (de partida) e durante dez anos reitor dos reitores portugueses, diz que "expulsar os judeu...