sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

Abusos na imprensa

No "Correio da Manhã" de hoje. Um pouco por toda a imprensa escrita, há mais do mesmo.




5 comentários:

Anónimo disse...

Mais denúncias... E, se calhar, não ficará por aqui.
Outros, por outro lado, anunciam que se casarão com quem já engravidaram:

"Um padre siciliano surpreendeu os seus paroquianos durante uma missa ao anunciar que se ia casar, já que a mulher que amava estava grávida de cinco meses".

http://www.jn.pt/PaginaInicial/Mundo/MundoInsolito/Interior.aspx?content_id=2947358

Acho que é mais do que tempo para se reverem certas regras na hierarquia da Igreja. Este padre foi honesto e revelou o seu amor, mas por casar teve de deixar de ser padre. Outros mantém mulher e filhos eternamente escondidos - só se sabe quando reclamam a herança. No entanto, em ambos os casos o amor físico falou mais alto.

Anónimo disse...

Denúncias que casos que já prescreveram... não conhecem nenhuma adolescente que tenha engravidado aí por perto?

Anónimo disse...

Quando se quer estabelecer regras para todos a partir de distúrbios comportamentais é como querer fazer programas de ensino de matemática para todos os alunos a partir de quem tem dificuldades de aprendizagem.

Anónimo disse...

1:23 p.m.
Nem mais!

12:03 p.m.
Atualmente, não conheço, mas conheci um padre, numa aldeia de Vinhais, que fazia a visita pascal com o filho e o neto na equipa.

Anónimo disse...

Grande padre - se todos fossem assim, a Igreja seria outra...

Os dois maiores erros da história de Portugal

António Rendas, reitor da Universidade Nova (de partida) e durante dez anos reitor dos reitores portugueses, diz que "expulsar os judeu...