quinta-feira, 8 de novembro de 2012

Libertem-nos da mitra

Sonho que libertem os nossos bispos da mitra. Disse-o, um dia, no Vaticano. Havia lá um sínodo e víamos na televisão todos os bispos a atravessar a Praça de São Pedro. Um dos bispos era muito baixo. E tinham-lhe colocado uma mitra quase tão alta como ele. Os companheiros morriam de riso...

Abbé Pierre, 1994

1 comentário:

Anónimo disse...

A mitra é um chapéuzinho ridículo, que não significa mais nada do que isso. Parecem criancinhas a brincar a ser faraós.

Os legionários, os arautos, os sodalícios, os malteses, os imaculados... todos diferentes, todos muito iguais nos lados obscuros, nas trapal...