sexta-feira, 27 de julho de 2012

Ação

Esta é uma forma de Deus agir sobre o Universo: através de nós, como seus agentes com livre arbítrio.


Guy Consolmagno

4 comentários:

Anónimo disse...

Mas não a única...

Anónimo disse...

O "livre arbítrio" resume-se a escolhas morais, e mesmo estas dependem das envolventes sociais e psicológicas. Logo, o conceito de "livre arbítrio" é apenas um conceito vazio de substância. Como não existe livre arbítrio, Deus não age. Resta apenas o homem e o acaso.

Jorge Pires Ferreira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Jorge Pires Ferreira disse...

Estava aqui a hesitar se devia comentar o seu comentário e decidi que sim. Não por acaso, mas, julgo eu, por livre arbítrio.

As envolventes sociais, psicológicas, genéticas, etc. podem condicionar-nos, mas não nos livram de termos de ser nós a tomar a decisão. Aliás, mesmo você fala em "escolhas morais".

Podemos não conseguir provar o livre arbítrio tal como não é fácil desmentir o destino (há sempre alguém que diz que era destino dizer que não há destino). Mas sentimos que podemos exercer o primeiro e segundo é irrelevante.

Para quando a primeira cardeal?

É inovação do Papa a nomeação de cardeal de um bispo auxiliar? O Papa Francisco disse no domingo que vai fazer cinco novos cardeais. Um de...