sexta-feira, 8 de junho de 2012

Vaca alemã e outras fés



Retirado do Record (aqui), com esta legenda: A vaca vidente Yvonne fez a sua escolha esta sexta-feira, durante o pequeno-almoço: previu o triunfo de Portugal no jogo frente à Alemanha (sábado). Está feito e a escolha é insuspeita: Yvonne é alemã. Vive perto de Deggendorf.




Nestes tempos pós-religião, que os filósofos dizem ser de predominância da razão técnico-científica, é com imenso humor que vejo os novos oráculos a entrar em ação, principalmente por causa do futebol, que, em si mesmo, é para muitos um sucedâneo da religião - mesmo que disso não tenham consciência.


Chesterton bem o sabia: quando não se acredita em Deus, não quer dizer que não se acredite em nada; acredita-se em tudo. 


Polvos, cães, piriquitos, porcos... Agora é uma vaca alemã. Claro que poucos levam a sério as previsões, assim espero. Mas o facto de serem amplamente divulgadas (eu faço uma metadivulgação) o que significa? Se fôssemos estritamente racionais dávamo-nos a isto?

1 comentário:

Anónimo disse...

Pois... e o mal está na religião que leva a comportamentos irracionais... pois...

Os dois maiores erros da história de Portugal

António Rendas, reitor da Universidade Nova (de partida) e durante dez anos reitor dos reitores portugueses, diz que "expulsar os judeu...