domingo, 13 de maio de 2012

Para não cair no monte de resíduos religiosos



Hoje, de modo algum, deve-se libertar o cristianismo do campo de tensão. Se este não é universalmente (catolicamente) significativo, então cai, com todos os discursos – sejam eles pronunciados a partir da palavra da Bíblia ou de um magistério eclesiástico – no monte de resíduos religiosos.

Hans Urs Von Balthasar, em 1972, na fundação da “Communio”

Sem comentários:

Uma questão de visão, talvez

D. Carlos Azevedo diz que a nomeação de D. António Marto para cardeal tem mais a ver com a visão dele (do nomeado) da Igreja do que com a li...