terça-feira, 8 de maio de 2012

"Eu posso viver com Jesus ou sem ele", mas


Naturalmente, eu posso viver com Jesus ou sem ele, se o considerar como génio religioso, como mestre ético, como senhor - da mesma forma que, afinal, também posso viver sem Platão ou sem Kant -, tudo isso tem apenas um significado relativo. Contudo, se em Cristo houver algo que pretende tomar a minha vida por inteiro com toda a seriedade de ser  Deus em pessoa quem fala e de somente em Cristo se ter feito presente uma vez a Palavra de Deus, então Cristo não tem um significado relativo mas absoluto e urgente.


Dietrich Bonhoeffer em 1928 (seria interessante compilar argumentações semelhantes. Assim de repente, lembro-me de frases parecidas com esta de Martín Descalzo, Giussani, C.S.Lewis e Paul David Hewson, mais conhecido por Bono, este último citando Lewis).

Sem comentários:

Lucas 15, a esquerda e a direita

Tem piada o artigo de Inês Teotónio Pereira, "A esquerda que queremos ser", no DN de ontem. "Somos [os da direita] aquele i...