terça-feira, 1 de maio de 2012

1 de maio de 1045. João Graciano compra o papado e torna-se Gregório VI


Num dos períodos mais tenebrosos do papado, quando a sucessão de Pedro se comprava e vendia (simonia), o romano João Graciano torna-se Gregório VI, sucedendo a Bento IX, na segunda vez que este ocupou o trono pontifício (Bento IX ocupou-o por três vezes, a primeira com menos de 20 anos). Gregório VI começou o pontificado no dia 1 de maio de 1045 e abdicou no dia 20 de dezembro de 1046. Teve a ajuda de Hildebrando de Sovana, tanto no pontificado como no mosteiro para onde se retirou. Hildebrando viria a ser o grande Gregório VII, Papa de 1073 a 1085, o da reforma gregoriana.

Sem comentários:

Os dois maiores erros da história de Portugal

António Rendas, reitor da Universidade Nova (de partida) e durante dez anos reitor dos reitores portugueses, diz que "expulsar os judeu...