terça-feira, 3 de abril de 2012

Como se escolhe o Papa copta



No "Público" de 24 de março, uma boa peça para entender o cristianismo no Egito.


Nova constituição demasiado islamita?
Por estes dias é notícia a retirada dos 20 representantes coptas na Constituinte. Os coptas demitiram-se, tal como os liberais, para chamar a atenção para a presença esmagadora dos conservadores e fundamentalistas na assembleia que prepara a nova Constituição do Egito.

Como se escolhe o Papa copta
A escolha do novo papa copta, o 119.º, só acontecerá no final de um processo que dura quatro meses. Tem as seguintes etapas:

1. Nomeação de um regente, eleito pelo Santo Sínodo (a assembleia de bispos coptas) para guiar a Igreja até que seja designado o sucessor. Normalmente é um dos bispos mais velhos (a nomeação já deve ter acontecido). 
2. Constituição de uma comissão de 14 membros do Sínodo, que tem a função de preparar, com base nas propostas recebidas, uma primeira lista de cinco ou seis candidatos à eleição. O futuro papa copta tem de ter mais de 40 anos, ter vivido como monge por pelo menos 15 anos e não ter sido casado. 
3. A lista é publicada nos três maiores diários de língua árabe no Egito para que os candidatos possam ser conhecidos por todos os fiéis. 
4. Passados três meses, será convocada uma grande assembleia em que participam os 74 bispos da Igreja copta e doze representantes de cada diocese, eleitos entre os anciãos e os responsáveis das associações. Os três mais votados por este quase milhar de pessoas passam à fase seguinte. 
5. Uma criança de olhos vendados retira da urna o nome do novo papa copta, numa cerimónia em que toda a comunidade de fiéis está convidada a participar.

O último momento da eleição faz lembrar a escolha do apóstolo Matias, nos Atos dos Apóstolos, por sorteio. Sobre esta curiosa eleição, com um misto de transparência e aleatoriedade, li aqui.

Sem comentários:

Para quando a primeira cardeal?

É inovação do Papa a nomeação de cardeal de um bispo auxiliar? O Papa Francisco disse no domingo que vai fazer cinco novos cardeais. Um de...