sábado, 10 de março de 2012

O meu eu é Deus

Foi uma santa, Catarina de Génova, que escreveu isto:


O meu eu é Deus, e não conheço outro eu senão esse meu Deus.

1 comentário:

Anónimo disse...

Cuidado: Catarina não pretendia dizer que o seu "eu" era divino (algo como: eu sou Deus), mas que o centro essencial da sua pessoa era habitado por Deus (na linha de Gal. 2,20). E se era habitado, não é panteísmo. De qualquer modo: é belíssimo mas nada que outros santos não o tenham dito antes dela.

Fernando d'Costa

Semana dos Seminários

Parece que se dizem agnósticos (ou o mais conhecido deles). Mas a simbologia católica (sim, mais católica do que simplesmente protestante ou...