quinta-feira, 29 de março de 2012

Millôr com Deus



Millôr Fernandes (16-08-1923 – 27-03-2012) reuniu as suas sentenças e aforismos na “Bíblia do Caos”. Não sei se as seguintes vêm lá, mas são exemplos de uma inspiração religiosa do seu humor.

 "O cara só é sinceramente ateu quando está muito bem de saúde".

"O pão que o diabo amassou. Expressão incompreensível pois em nenhum lugar da Bíblia ou da História se diz que o Diabo era padeiro."

"Comunismo é uma religião igualzinha às outras. Pra quem acredita, não precisa explicação. Pra quem não acredita, não adianta explicação".

Sem comentários:

Os dois maiores erros da história de Portugal

António Rendas, reitor da Universidade Nova (de partida) e durante dez anos reitor dos reitores portugueses, diz que "expulsar os judeu...