quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

Teólogo John Hick (20-01-1922 - 09-02-2012)

Morreu há dias o teólogo inglês John Hick (20 de janeiro de 1922 - 9 de fevereiro de 2012). Eu não o conhecia, mas reconheço agora que foi importante para a cristologia, a epistemologia da religião e o pluralismo religioso.


Cristologia. Fui ver se Bento XVI o cita. Pelo menos no primeiro volume sobre Jesus, não. John Hick escreveu "A metáfora de Deus encarnado" para retirar a ganga filosófica e metafísica grega da teologia sobre Jesus Cristo. A ideia de encarnação é para entender de maneira metafórica e não literal, diz quem conhece a obra do inglês. Parece vir na sequência de grandes alemães protestantes como Bultmann.




E pela aparência, Hick parece aproximar-se de Roger Haight (na foto), autor de "Jesus, símbolo de Deus" (original de 1999, publicado pelas Paulinas do Brasil em 2003), ou antes o contrário. O norte-americano é que se aproxima de Hick porque a obra é posterior. Haight também não é citado por Bento XVI, mas é considerado como uma grande referência - e novidade -  nos estudos sobre Jesus Cristo nos últimos anos. Aliás, Haight, jesuíta, está proibido de ensinar desde 2004 pela Congregação da Doutrina da Fé, ainda Ratzinger estava aos comandos. Claro que não pode citar um autor proscrito. E debater argumentos nunca foi a metodologia preferida de Roma.


De facto, Haight cita Hick várias vezes e apresenta o seu pensamento no cap. 14, sobre "Jesus e as religiões mundiais".


Sobre John Hick ler aqui a notícia da morte (em inlgês), aqui um comentário sobre a sua cristologia, e aqui uma entrevista sobre "Deus, Jesus e o pluralismo religioso". E ver aqui o instituto que tem o seu nome.

1 comentário:

Marco disse...

Bento XVI refere-se a John Hick no livro "O Cristianismo e as Religiões Mundiais".
O então Cardeal Ratzinger condena as ideias de Hick assim como as de Paul Knitter.

Para quando a primeira cardeal?

É inovação do Papa a nomeação de cardeal de um bispo auxiliar? O Papa Francisco disse no domingo que vai fazer cinco novos cardeais. Um de...