sábado, 11 de fevereiro de 2012

"Preciso daquela cara, sim", texto Ferreira Fernandes no DN


Foto vencedora do Word Press Photo do Ano 2011, de Samuel Aranda

Nas Pietà, todas, a de Miguel Ângelo, de El Greco, de Van Gogh, o objeto da compaixão é Cristo, corpo sem sopro. Juntamo-nos ao outro personagem do quadro ou da escultura, Maria, para partilhar o que o seu olhar, a inclinação do pescoço e o rito da boca mostram: piedade. O duo foi feito em função dele, mas a força emana dela. Por ela, vamos para ele. A vencedora do Word Press Photo do Ano 2011, do espanhol Samuel Aranda, parece uma Pietà, mas não é. Numa mesquita de Saná, no Iémen, convertida em hospital durante manifestações, um corpo de homem, magro como Cristo, sofrido, abandona-se sobre uma mancha. Esta é uma makrama, veste negra que cobre as iemenitas da cabeça aos pés, com nesga por onde os olhos mal se adivinham. O homem é vítima de alguma coisa mas não comove. Ao contrário de Cristo, para quem vão as nossas emoções - impelidas pela força de Maria -, aquele iemenita não existe. A foto vencedora do Word Press Photo do Ano 2011 tem personagem única, tão forte quanto nem aparece. Adivinha-se para lá do negrume das vestes. Mais bordoada, menos bordoada, o homem da foto é uma vítima banal, talvez alguém que exigia uma passagem de peões em Queluz e escorregou. Mas o ser apagado pela makrama, tão apagado que nem sabemos se chora, esse, é uma tragédia tão enorme que anula tudo à sua volta. Se alguém me diz que não preciso daquela cara para saber o que ela exprime, desminto. Preciso, até para saber o que há à sua volta.


Ferreira Fernandes no DN de hoje (aqui).



 "Pietà" de Miguel Ângelo

 ...de El Greco

...de van Gogh

Sem comentários:

Lucas 15, a esquerda e a direita

Tem piada o artigo de Inês Teotónio Pereira, "A esquerda que queremos ser", no DN de ontem. "Somos [os da direita] aquele i...